No dia 27/07/1980, a residência do sindicalista João Paulo Pires Vasconcelos, em João Monlevade, sofreu invasão e tentativa de incêndio. Não houve ferimentos pessoais, mas documentos foram roubados. A fonte da pesquisa é o Relatório da CPI instaurada pela ALMG.

Submissões recentes