Construção em estilo eclético da década de 1920, esse quartel foi uma das unidades do Exército utilizada como aparato para prisões ilegais e para obtenção de depoimentos, sob tortura, de presos políticos. Localizada na Rua Brito Melo s/nº, no Barro Preto, sua área total compreende a quadra entre as ruas Juiz de Fora, Timbiras, Uberaba e Gonçalves Dias, onde funcionaram o Centro de Preparação dos Oficiais da Reserva (CPOR), a 4ª Infantaria Divisionária (ID-4), e a partir de 1970 o Destacamento de Operações e Informações (DOI).

Submissões recentes