Em 1976, os estudantes começaram a se organizar com o intuito de reconstruir a UNE, que havia sido colocada na ilegalidade pelo regime militar em 1964. No ano de 1977, foram organizadas três versões do III Encontro Nacional dos Estudantes (III ENE). Uma delas em Belo Horizonte, na Faculdade de Medicina da UFMG, e as outras duas em São Paulo, na USP e na PUC-SP. A realização do Encontro, em qualquer um dos locais citados, estava expressamente proibida pelo então Ministro da Educação, Ney Braga.

Submissões recentes