Por meio da pesquisa no Arquivo Geral do CEFET-MG, foi possível constatar que a Instituição, embora só tenha passado a ofertar cursos superiores na década de 1970, esteve sujeita às mesmas normativas infligidas às universidades durante o regime militar. Isso significa que o CEFET-MG vivenciou, ainda como uma escola secundarista, processo muito semelhante ao das Instituições de Ensino Superior federais do País, durante aquele período.

Submissões recentes