Data da morte:21/01/1984

Local:Poté

Joaquim Teixeira Jardim era lavrador e residia na cidade de Poté (MG). Ele vinha sofrendo constantes ameaças de José Natalense Pessoa de Matos para que deixasse suas terras. Diante dessa situação, em 21/01/1984, Joaquim Teixeira Jardim cometeu suicídio ingerindo veneno.

José Natalense era conhecido pelas diversas violências cometidas contra os lavradores da região, chegando a atentar contra a vida de Amador de Oliveira no ano de 1985 em razão de conflitos por terra.

O nome de Joaquim Teixeira Jardim é citado na relação de trabalhadores rurais vítimas da violência no campo em 1984 na Revista “Fetaemg: 30 Anos de Luta. 1968-1998”

Submissões recentes