Data da morte:25/05/1968

Local:São José da Safira

José Máximo da Fonseca era posseiro e liderava os camponeses na localidade de Perdidos, município de São José da Safira. Ele foi assassinado em 25/05/1968. Seu nome consta nas publicações “Camponeses Mortos e Desaparecidos excluídos da Justiça de Transição”, “Relatório final: Violações de Direitos no campo 1946 a 1988”, “Retrato da Repressão Política no Campo – Brasil 1962-1985 – Camponeses torturados, mortos e desaparecidos”, “Assassinatos no campo: crime e impunidade, 1964-1986” e “Fetaemg 30 Anos de Luta. 1968-1998”. Contudo, a pesquisa realizada pela Covemg não conseguiu levantar informações sobre as causas e possíveis agentes responsáveis pelo crime.

Submissões recentes