Data da morte:12/03/1985

Local:Poté

José Nunes Ferreira, 52 anos, era lavrador e foi assassinado enquanto fazia a colheita da sua plantação de milho no dia 12/03/1985. Ele tinha problemas de saúde em virtude de um atropelamento que havia sofrido e sobrevivia plantando em uma faixa de terra do estado às margens da rodovia Rio-Bahia, no município de Poté. Ele foi assassinado por um homem conhecido como Jamil, que, segundo as fontes consultadas, tinha conflitos com José Nunes por causa da plantação.

O nome de José Nunes Pereira consta nas publicações “Camponeses mortos e desaparecidos: Excluídos da Justiça de Transição”, “Relatório final: Violações de Direitos no campo 1946 a 1988”, “Assassinatos no campo crime e impunidade 1964-1986”, “Conflitos de terra, vol I, 1985”, “Conflitos de Terra no Brasil, 1985” e “Fetaemg 30 anos de luta: 1968 a 1998”

Submissões recentes