Data da morte:1979

Local: Riachinho, zona rural de Montes Claros

Patrocínio Caldeira era pequeno proprietário na localidade de Riachinho e se encontrava muito doente quanto teve sua terra invadida pelo fazendeiro Bernardo da Costa Zuba, conhecido por outros atos de violência na região. O fazendeiro, juntamente com seus jagunços, agrediu os familiares de Patrocínio, ameaçando- os de morte. O filho de Patrocínio conseguiu reagir às agressões e atacou Bernardo Zuba, o que permitiu à família sair do local e se esconder no mato.

Como Patrocínio se encontrava muito doente, não resistiu à fuga e faleceu por falta de tratamento, pois a família temia aparecer na região e ser linchada pela “bernadada”. Com isso, Bernardo Zuba se apossou da terra de Patrocínio Caldeira, cujo nome consta nas publicações “Camponeses mortos e desaparecidos: Excluídos da Justiça de Transição” e “Relatório final: Violações de Direitos no campo 1946 a 1988”

Submissões recentes