Em 1976, a obra “Penhor da Igualdade”, do artista plástico Lincoln Volpini Spolaor, é retirada da galeria do IV Salão Global de Inverno, apresentado no Palácio das Artes, em Belo Horizonte, entre os dias 2005 e 18/07/1976. O evento, uma realização da Globo Minas – Rede Globo de Televisão, era organizado pelo jornalista Jurandir Persichini. Após a apreensão da obra, foi instaurado um inquérito policial e, em seguida, o Ministério Público Militar junto à Auditoria da 4ª Circunscrição Judiciária Militar apresentou ação penal contra o artista, autor do quadro, e contra os referidos jurados, que teriam sido coniventes com o crime ao premiar a obra. O quadro foi considerado subversivo “porque além de conter um agravo ao símbolo nacional encerrava, como pano de fundo, uma inscrição fixada em uma parede, apoiando uma tentativa de guerrilha.

Submissões recentes