Tipo de violação/violência:Filhos de militantes mortos e/ou desaparecidos políticos.

Pais:João Fortunato Vidigal e Thereza Aurélia Álvares Vidigal

Agente responsável:Não identificado.

Instituição responsável:Não identificado.

Circunstâncias:Pai morreu em circunstâncias ainda não esclarecidas; ver versão do relatório da subcomissão de mortos e desaparecidos.

Local:Rio de Janeiro, RJ

Data:29/12/1972 (relativo a morte do pai)

Pedido de Reparação:Processo de anistia política ; Processo de Indenização às Vítimas da Ditadura - Lei Estadual 13.187/100.

Resposta oficial:Deferido parcialmente; Deferido no CONEDH (CONEDH Cx.57-Proc.150)

Outras Fontes:

Submissões recentes