Gilda Westin Cosenza com sua sobrinha, Juliana

Tipo de violação/violência:Filhos de militantes mortos e/ou desaparecidos políticos.

Pais:Gilse Maria Westin Cosenza e Abel Rodrigues Avelar

Agente responsável:Não identificado.

Instituição responsável:Não identificado.

Circunstâncias:Pais presos, após soltura as irmãs viveram na clandestinidade sem conhecer a família e sem saber os próprios nomes verdadeiros.

Local:Belo Horizonte, MG

Data:Entre 1969 e 1970 (prisão dos pais); Clandestinidade da família até 1979

Pedido de Reparação: Processo de Indenização às Vítimas da Ditadura - Lei Estadual 13.187/100 (mãe).

Resposta oficial:Deferido no CONEDH - (CONEDH Cx.64-Processo 057 (mãe))

Outras Fontes: Conheça a história de Henfil e saiba como o cartunista driblou a ditadura com desenhos, Jornal Estado de Minas. Portal online da Fundação Maurício Grabois

Submissões recentes